ASMIR-PB Associação dos Militares da Reserva Remunerada, Reformados e Pensionistas das Forças Armadas

Editais

Editorial 13 de Dezembro de 2018

Caros Associados,            

Finalmente, depois de longos e tenebrosos anos, vemos um despertar de novos tempos. Durante um quartel de anos, vimos a nossa Pátria estremecida ser sacudida por um terremoto que por pouco não fez desmoronar as nossas instituições e não mudou a nossa forma de governo, ameaçando, inclusive, alterar o sagrado pavilhão auriverde.

Fomos açoitados por ventos fortes de uma ideologia exótica que açoitou os valores morais cultivados por nossas famílias, assoberbando a cabeça da maioria dos nossos governantes que, como cavaleiros do apocalipse, vergastaram a nossa educação, a nossa saúde e a nossa segurança.

Depois de um período de crescimento alimentado por circunstâncias de políticas econômicas austeras bem como por aspectos exógenos do comércio mundial, tivemos uma falsa sensação de que tudo iria mudar. Mera quimera que se esfarelou como areia ao vento após desastrosas decisões do des(governo) de Dilma Roussef, que, como um câncer devastador, jogaram o país na maior recessão já vivida, atingindo 3,5 % negativos do nosso PIB, arrostando 14 milhões de brasileiros para o desemprego e para a miséria.             

Vimos, com certa incredulidade, o povo indo as ruas clamando por democracia e pelo fim da corrupção. Aplaudimos o impeachment. Vimos um novo governo que após um esperançoso início, terminou tropeçando em pecados anteriores e novos. De uma quase rotineira operação da Polícia Federal foi levantado o véu que encobria o maior assalto aos cofres da Petrobras, maior empresa nacional. Com entusiasmo acompanhamos poderosos sendo julgados e presos. Políticos corruptos foram para a cadeia, fenômeno esse que culminou com a prisão e condenação de um ex-presidente, considerado, até então, o maior líder político dos últimos tempos.

Com a aproximação de novas eleições, vimos, com repugnância, um presidiário despontar nas pesquisas como favorito para as eleições presidenciais e, após decretada sua inelegibilidade ter tido o desplante de querer eleger um fantoche que, absurdo dos absurdos, conseguiu ainda chegar ao segundo turno.

Ao mesmo tempo, presenciamos a repetição de um episódio bíblico – uma luta entre um Golias e um David. Esse David, usando de novas estratégias eleitorais, apoiado por uma mídia constituída pelos milhões de brasileiros e suas redes sociais, conseguiu derrotar uma estrutura financeira poderosa que apoiava seus adversários, enfrentar a maior e mais poderosa empresa de comunicação e, com o apoio maciço do povo que não mais suportava a corrupção e o desmando petista, ser eleito Presidente da nossa nação.

O trabalho do futuro Presidente será árduo e precisará da nossa ajuda. A composição da sua equipe já evidencia que as coisas irão mudar. A ASMIR, mesmo sendo o beija-flor da fábula, se orgulha de haver levado a sua pequena contribuição e não se furtará de se unir ao restante do Brasil no apoio ao nosso Presidente Jair Bolsonaro. Mas, sempre, atentos e vigilantes.

Esse era o presente de Natal que esperávamos para o Brasil. E, por falar em natal, desejamos a todos os nossos associados, dependentes, amigos e colaboradores um Feliz Natal e um próspero Ano Novo.

TUDO PELA PÁTRIA!

BRASIL ACIMA DE TUDO.

DEUS ACIMA DE TODOS.

                                                  Noel Xavier Bustorff

                                                       Presidente





Aniversáriantes

2019

23

Julho
ITACIRA DO CARMO SÉRVIO FERREIRA
2019

27

Julho
REGINALDO CLAUDINO DO NASCIMENTO FILHO
2019

29

Julho
ZOZIMO JOSE PEREIRA
mais aniversariantes

Newsletter

insira seu email para receber nossos informativos

Você quer ser um associado ASMIR-PB?